Seguidores

sexta-feira, 16 de março de 2007

VESTIDO VERMELHO



Ela é tão elegante com seu vestido vermelho
Tanto de frente quanto de lado
Quando vai pras baladas é um uauuuu!
Gritam os moços apaixonados
Seus cabelos são longos
Sua pele tão delicada
Da cor da paixão, do pecado!
Mostra uma raça forte
De gente determinada
Pessoa de fino trato, educada!
O que será que anda matutando
Essa morena da cor de jambo?
Menina-mulher de Maringá...
Aceitou a minha amizade
Me trazendo do Paraná, saudade!
Deixando meu coração acalentado
Embora infeliz, desconsolado
Por não morar na mesma cidade
Mas de surpresa chego aqui calado
Para cochichar no seu ouvido
Que ela é bela e que vou dizer a ela:
Josane, aqui estou pra homenageá-la.
Aceite estes singelos versinhos
Escritos com amor e carinho.

2 comentários:

Josane disse...

Foram poucas as homenagens que recebi em minha vida, mas essa me emocionou de verdade...
Quando ganhei tal presente fiquei tão surpresa quanto encantada com essa pessoa de coração aberto, amigo e iluminado.
Obrigada Hil!!!
Não apenas pelo poema, mas por fazer diferença.

Michele disse...

olá!!nossa,parabéns pela poesia,ela resume exatamente o que a Jô é,parabéns,suas poesias são lindas e de muita sensibilidade...sucesso,sempre!!
bjuxx