Seguidores

terça-feira, 20 de março de 2007

Janelas da Amizade


☆ღ ☆ღ ☆ღ☆ღ ☆ღ ☆ღ ☆ღ ☆ღ☆ღ ☆ღ ☆

Para se ter uma amizade verdadeira
é necessário conversar sem pressa,
buscando a mesma linguagem.


Construí-la com paciência e carinho
Sentir, perceber, ir direitinho a caminho.
Muitas vezes não sabemos como fazer,
buscamos atalhos, escorregamos...


Atropelamos com nossos defeitos
na procura, nos desencontros
Mas se a alma dessa amizade
for sincera, tenaz e valente


Estiver aberta para receber,
ver,doar, contemplar, permanecer...
Então ela cresce e se fortalece


Os dois se cumpliciam na delícia
de saber que ali vai florescer.
É como transformar um deserto
para fazer dele um jardim...


No lugar de plantas agrestes
vai-se semeando compreeensão
Ouve-se mais do que se fala
para que se aprecie, em devoção!


Afinal alí está o maná da amizade
que veio dos céus ao seu encontro
Sabe-se que as vezes demora, inquieta
Mas quando chega folgosa, encanta!


Percebe-se a paz num instante...
que aquela pessoa já faz parte
da gente, da nossa existência.


Porque queremos a toda hora,
de repente contar pra ela como
ela é muito importante


Foi pensando nela,
nesse sentimento por ela
Que me deparei aqui pra
escrever a você


Para que você saiba, veja e constate
que não sei mais viver, sem você!
Sem a sua doce e terna amizade.
☆ღ ☆ღ ☆ღ☆ღ ☆ღ ☆ღ ☆ღ ☆ღ☆ღ ☆ღ ☆

Hildebrando Menezes
Brasília, 25/02/2007

Um comentário:

Cecilia disse...

HILD MEU AMIGO!!!

Que forma terna de descrever a amizade !!!! poetando e assim os laços fortalecendo...

Beijos carinhosos meu lindo amigo!!!

Cecilia