Seguidores

domingo, 25 de março de 2007

Frank Sinatra

9 comentários:

naninha disse...

Olha! você está de parabéns com esse seu trabalho! Agora sei onde encontrar lindas poesias. Adorei! Parabéns mesmo.

Helen Lima disse...

Amigo,
você não é um aprendiz, é um sábio!

Navegar pelo blog, ler suas poesias ao som de Frank Sinatra, foi muito prazeroso.

Parabéns e nós que temos que agradecer por mais este espaço.
Abraços,

Alce disse...

Ola meu querido to aqui, tava lendo sua poesias que coisa linda!!! num mundo em que vivemos com tantos aborrecimento e violencia, é muito bom conhecer pessoas como voce Hilde com tanta inspiração PARABENS...
bjos

Rosangela disse...

Pa-ra-béns, amigo!!
Esse cantinho está tão especial quanto você!
De aprendiz vc não tem nada...como bem disse a Helen, é sábio!!
Adorei e Voltarei viu?
Beijos e sucesso sempre!!!
Neca

stela disse...

Amei o blog , amei as poesias vc esta de parabéns.
Lindo ...lindo

bjksss

kamila

Maria Coelho disse...

Este poema é de um homem com H maiúsculo, que sabe amar, dar prazer a uma mulher.Quando existe amor, tudo se completa.Este pedido Posso entrar?É a suplica mais que perfeita pra quem pensou tão belo amor.Me transportei para este amor, me senti a mais amada das mulheres

Jeanne disse...

Sinceramente nem sei pq ainda entro para fazer algum comentário... se ja nem tenho mais o que falar!! kkkkkkkk! de agora em diante só vou passar para da akela espiadinha, ouvi a linda música, ler pela 324 vez os poemas e concordar com as demais colegas, destake para a Maria Coelho, ela disse tudoooooooo!
Bjussssssss meu anjo!

Cecilia disse...

NÃO TENHO PALAVRAS PRA DESCREVER...

LER TODOS OS SEUS POEMAS ...NÃO INTERESSA O TEMA...
JÁ ESTOU RIMANDO DE NOVO!!!
MAS É TÃO PRAZEROSO...MEU DEUS ...MY WAY (MEU CAMINHO, MEU JEITO }

E EM CADA POESIA VOCÊ CARREGA UM PEDACINHO TEU AO SOM DESSA MÚSICA IMORTAL QUE É A SUA MANEIRA DE SER...

UM GRANDE POETA!!!
NASCE AQUI UMA ESTRELA!!!ALIÁS UM ASTRO QUE ESCONDIDO AGORA RESPLANDECE...

BEIJOS POETA E UM ÓTIMA FDS PRA TI

APRENDIZ DE POETA disse...

Esta foi enviada pelo meu sobrinho
Ricardo Manfredine (Tutuca)
Artist: Frank Sinatra
Song: My Way

And now, the end is near;
And so I face the final curtain.
My friend, I'll say it clear,
I'll state my case, of which I'm certain.
I've lived a life that's full.
I've traveled each and ev'ry highway;
But more, much more than this,
I did it my way.
Regrets, I've had a few;
But then again, too few to mention.
I did what I had to do
And saw it through without exemption.
I planned each charted course;
Each careful step along the byway,
But more, much more than this,
I did it my way.
Yes, there were times, I'm sure you knew
When I bit off more than I could chew.
But through it all, when there was doubt,
I ate it up and spit it out.
I faced it all and I stood tall;
And did it my way.
I've loved, I've laughed and cried.
I've had my fill; my share of losing.
And now, as tears subside,
I find it all so amusing.
To think I did all that;
And may I say - not in a shy way,
"No, oh no not me,
I did it my way".
For what is a man, what has he got?
If not himself, then he has naught.
To say the things he truly feels;
And not the words of one who kneels.
The record shows I took the blows -
And did it my way!

Artista: Frank Sinatra
Música: Meu Jeito

E agora, o final está perto
Então eu enfrento a cortina final
Meu amigo, vou dizer claramente
Vou contar minha história, da qual tenho certeza
Eu vivi uma vida cheia
Eu viajei por todas as estradas
Mas mais, muito mais que isto tudo
Eu fiz do meu jeito
Arrependimentos, eu tive poucos
Mas mesmo assim, muito poucos para mencionar
Eu fiz o que tive que fazer
E fiz tudo sem isenção
Eu planejei cada caminho
Cada passo cuidadoso ao longo da estrada
Mas mais, muito mais que isto tudo
Eu fiz do meu jeito
Sim, houve vezes, tenho certeza que você soube
Quando dei um passo maior do que podia
Mas passando por tudo isso, quando havia uma dúvida
Eu guardava para mim mesmo e suportava calado
Eu passei por tudo e fiquei de pé
E fiz do meu jeito
Eu amei, sorri e chorei
Meus tempos de fartura e minha parte nas perdas
E agora que as lágrimas estão acabando
Eu acho tudo tão divertido
Pensar que fiz aquilo tudo
E posso dizer - não timidamente
"Não, oh não, não eu,
Eu fiz do meu jeito".
Pois o que é um homem, o que ele tem?
Se não for ele mesmo, então não fez nada
Para dizer as coisas que ele sente verdadeiramente
E não as palavras de alguém que se ajoelha
A história mostra que suportei os murros da vida -
E fiz do meu jeito!