Seguidores

domingo, 18 de março de 2007

Tesouro...Amor!


-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-
Tesouro...Amor!
-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-
Estou aqui. Seus versos
me trouxeram a ti. Todo!

Fui encontrado pelo seu recado...
Pelo perfume do seu chamado!

Vim dar a continência no seu
quartel de seduções, para estar
de plantão no seu coração.

Foi um achado ouvir seus
maviosos, caprichados e
poéticos acordes.

Você me descobriu e aqui
estou inteiro aos seus pés...
Sempre soube que sem você
eu sou apenas, um vulto!

Uma peça solta num
quebra-cabeça...roto!
Um brinquedo jogado
na solitária sarjeta.

Vivo escondido, triste, só...
esperando um aceno seu.

Sim, é possível!
Te reconheço... sua
alma namora a minha.
Sinto-a em mim...
tão deslumbrante, linda!

És tão intensa!
Que me contagia
dia a dia. Magia?

Será ainda nessa vida?
Que eu a terei em meus
braços cansados?
Preciso de ti.
Anseio pelos seus
doces, molhados beijos.

Estou inquieto, sim!
Quero parar o tempo,
estancar meus lamentos
E ter logo o seu abraço!

Hei de quebrar pedras,
atravessar montanhas,
nadar oceanos só para
poder estar ao seu lado.

Não precisas esperar
pela eternidade...é muito!
Na hora certa ou incerta
vamos nos encontrar!

Nesse dia haverá festa nos céus.
Porque em todos os cantos...
nosso amor prevalecerá!
Sou teu! Você é minha!
-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-
Hildebrando
12/03/2007
-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-
AMOR....AMORE
-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-
Busco - te, sem direção.
Pelas ruas, esquinas e quinas...
Talvez no meu coração.
E nessa busca, me perco,
porque não me acho.

Pensei tê-lo descoberto,
Hoje sei...
Eram fragmentos...
Lampejos,
Desejos.

Será que já chegaste?
Camuflado, escondido...
Proibido?

Não, impossível!
Te reconheceria
Refletido em mim,
tu estarias.

Mas, a vida curta.
E você; imenso.
Talvez uma vida
Seja breve para
Encontrar-te.

Não vos inquietai,
Amor, amor, amore.
Te encontrarei...um dia,
tenho a eternidade,
como companhia.

ELIZA
12/3/2007

Um comentário:

Cecilia disse...

Hild e Elisa!!!

Que lindo poema!!!

Que maestria de versos que se complementam e que aqui fluem de forma tão sublime...

Realmente não existe obstáculo quando o amor está presente...

E mostram aqui com notável beleza de palavras, trocadilhos tocantes em que tudo conspira a favor de amantes apaixonados...

Pois o objetivo maior é se encontrarem...mesmo que seja na eternidade...

Maravilhoso!!!

Parabéns a ambos!!!

Cecilia