Seguidores

domingo, 22 de abril de 2007

A Vulva da Vovó



.-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-
Vovô viu a
vulva da vovó
Vovô voou
Via à vulva

Vovô quis varar
a vulva da vovó...
Vovô voltou vencido
Vovó vaiou o vovô

Os netos dizem
Viva a vovó
Vovó não viu
a vulva varar

A vara do vovô...
será que murchou?
Vamos ver?!
A vulva da vovó
precisa de você.

Vai vovô traveiz
na vulva da vovó
Vovó quer ver
a vulva varar.

Você quer vulva?
A vovó vai dar
Viva a vulva
Vulva viva!

Vovó do vovô
cadê a vulva?
Vai vulva...
vai varar!

Vara vulva
vovó quer ver.
Veja vovô
Vulva...tá vendo?

Viaja não vovô...
vai na vulva da vovó
Voa vulva...Humm
vulva voadora.

Voou... voou
vara do vovô
vai e vem
volta também.

Vovó não viu
a vara do vovô
varar a vulva
da vovó...

Viu? Veja!
Voar a vulva
da vovó sem
a vara do vovô.

Vai... vem a vara
a vulva não viu.
A vovó nem vibrou
na vara do vovô.

Veja vovô os
valores da vulva
valorosa da vovó
vai...vazio? Não vovô

Vovô vai com viagra
na vulva da vovó, viu?
Verá a vara do vovô
Vibrar na vulva?

Vamos vibrar!
Vovó vai!
Ver a vulva
voltar a voar.
Volta vulva...

Vejam... tá vibrando...
a vara vibrante do vovô
na vulva voadora da vovó.

VIVA O VOVÔ!
VIVA A VOVÓ!
.-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-
Hilde & Hilda
Brasília/DF/ Bal.Camboriú/SC
22/04/2007

6 comentários:

Cecilia disse...

Quem disse que sexo na terceira idade não pode ser prazeroso?

Isso é um tabu...

Pode não ter aquela paixão da juventude...mas ganha em dimensão do conhecimento do corpo e paciencia com o companheiro(a)que se comunicam até por telepatia...

Foi o que senti aqui poeta...

O amor, paixão tesão está em todas as gerações depende da cumplicidade e da química e de corações que se completam...

Uma vida inteira de convivência acaba se fundindo numa só...
Feliz de quem pode usufrui-la até o final dos tempos!

beijos pra ti!!!

APRENDIZ DE POETA disse...

Cecília,
Estes versos foram "escritos" numa conversa telefônica entre irmãos para espairecer.Mas percebe-se nestes versinhos que os autores quiseram brincar com a letra "v" um maior número de vezes. Este foi o segredo nº1. O segredo nº2 é que foi uma sátira ao tabú que você se refere, mito, ou que seja, da sexualidade tanto do homem quanto da mulher de que a sua potência esteja localizada na genitalha feminina ou masculina. Sabemos que ela transcende ao órgão sexual e perpassa todo o corpo.
Hildebrando

LuLopes® disse...

Bom dia querido,vi conhecer seu blog.,bom parabens lindo seu poemas,mas acho que nao foi eu nao.beijos mas mesmo assim muitissimo obrigada pela aprovação..

poemas disse...

Esta vulva da vovó e a vara do vovó é tudo de bom.........
Interação total .....ri muitoooooo
Bjokas Hilde rs

poemas disse...

OPS : A VARA É DO VOVÔ....perdão.
O Humor é a mais sutil forma de inteligência ......
PARABÉNS!!!
Já queria descaracterizar seu poema,seria uma vovó hermafrodita?
Foi um erro de acentuação....
Bjos querido!!

Jeanne disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!! Tú não existe mesmo eih?? Alias vcs, vc meu anjo e tua irmã tb! Duas figuraças... Quero ser uma vovó assim, e acho que ja encontrei um vovô a altura... acredito que o importante numa relação não é a forma que se chega ao prazer.. mais sim, conseguir se chegar a ele...
Com o passar dos anos o casal passa a encontrar outras formas de prazer, de amor... muitas vezes mais matura e agradável que somente o sexo... e isso é o que realmente importa!
Bjussssssssssssssss anjo...