Seguidores

quinta-feira, 7 de junho de 2007

Minha Namorada


Minha Namorada
≈♥≈◦…◦ﻶﻉణ◦ﻉﻶ…◦≈♥≈◦
Ela viveu sendo idealizada...
Topo por ela qualquer parada.
Levo-a no colo ou à tiracolo
Porque eu quero o seu afago.

O mútuo consentimento de beijos...
em silenciosas e deliciosas carícias.
Ela ainda é uma menina. Uma delícia!
Nos meus braços será uma mulher.

Trocaremos afetos e segredos
Tecendo apaixonados enredos
Tramando infinitas ternuras
Confessaremos nossos amores.

Seremos cúmplices nas fraquezas...
de algumas raras e poucas certezas.
Juntos seremos força. Invencíveis!
Separados somos fracos. Frágeis!

Me embriago com a voz dela...
sussuradas com palavras de amor.
Quando toco às suas mãos...
Fico mudo! Sinto a paixão!

Quando vejo o seu sorriso...
Estremeço de pura alegria.
Sua companhia é uma magia
Que manda embora a solidão.

Moça formosa e cobiçada.
Ela é a minha mais linda história...
de sentimento belo e encantador.
Nada se compara a esse amor.

Jeitosa e sedutora me domina.
Faço tudo porque ela me fascina.
Dou rasteira e rompo barreiras...
Só para poder vê-la faceira.

Com ela não tenho dissabores.
Por ela sinto todos os amores.
Vão-se embora variadas dores.
Nem lembro dos meus horrores.

Comprei na Bahia o nosso cantinho.
Quero passear nela os meus carinhos.
Escrevendo à quatro mãos os poemas.
Se ela topar eu caso com ela agorinha...
Para sermos felizes a vida inteirinha.

Tomara que ela leia estes versos...
Que com muita timidez professo.
Para que saiba o quanto a espero.
Porque viver sem ela me desespero.

Fico a imaginar a gente na rede balançando...
Nossos corpos suaves se tocando...amando.
Lá em Guarajuba... bem de frente pro mar.
Os passarinhos cantando antes do luar.

A música dos meus versos compondo...
uma paz guerreira no coração entoando.
Um cenário de românticos coqueirais.
Sinto água na boca sonhando no cais.

Naveguei tantos mares que mereço esses "ais".
Marinheiro matreiro nadei muito e me preparei.
Para chegar a esse dia em que me realizarei.
Vivendo ao lado da minha amada...eternizarei!
≈♥≈◦…◦ﻶﻉణ◦ﻉﻶ…◦≈♥≈◦ ≈♥≈◦…◦ﻶﻉణ◦ﻉﻶ
Hildebrando Menezes
Brasília/DF, 08/06/2007
≈♥≈◦…◦ﻶﻉణ◦ﻉﻶ…◦≈♥≈◦ ≈♥≈◦…◦ﻶ

E m p a t i a
≈♥≈◦…◦ﻶﻉణ◦ﻉﻶ…◦≈♥≈◦
Quando penso em você...
vivo duplamente os momentos
de estar e sentir intensamente.

É uma passagem de um ser ao outro...
histórias que se complementam.
Saudades que se satisfazem.

Como explicar agora o que
se passa naquela hora?
São energias que se cruzam...
dando sentido magnético à vida.

A fascinação que invade o coração.
Uma aventura sadia essa tal de empatia.
Se a fonte é repleta de magia...
seja noite ou seja dia...contagia.

Ouve-se a música da poesia.
O canto dos pássaros... o desabrochar
das pétalas de flores... tudo em sinfonia.

A felicidade parece invadir seus espaços
mandando embora a tristeza e o cansaço.
O sorriso puro das crianças...
no ar... a vibração das danças.

Uma vontade louca de aproximar
O desejo do beijo...de abraçar.
O prazer de querer com ela ficar.
Acariciar, dengar, compartilhar.

Dá gosto até aos desgostos...
tempêro gostoso no paladar.
Estaria aí o mistério de amar?

Desvendar a simplicidade do olhar...
do toque, da linguagem, da imagem.
Tudo parece codificar o amor.

Queremos segurar essas sensações...
que se revestem em sadias vibrações.
São dois seres em um: repletas emoções.
Deus condutor dos abençoados corações.
≈♥≈◦…◦ﻶﻉణ◦ﻉﻶ…◦≈♥≈◦ ≈♥≈◦…◦ﻶﻉ
Hildebrando Menezes
Brasília/DF, 07/06/2007

3 comentários:

Ivani disse...

Smo todos os seus poemas,cada um mais lindo que o outro.
bjo

charmosa disse...

Você e seus poemas são doces, pura mágia, é assim que vejo as pessoa sensíveis, "mágicas", desejo sucesso sempre, é lindo seu blog, bjos no coração amigo. Adorei.

Tereza disse...

vc é maravilhoso e passa uma mensagem profunda pra todos, vc é 10, ti adoro