Seguidores

segunda-feira, 11 de junho de 2007

Cemitério Argentino





Cemitério Argentino
-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~
A paixão não tem fronteiras...
De todo lado rompe barreiras.
Mas a que envolve umas besteiras
Brasil x Argentina são uns guerreiros.

Não estou falando do futebol.
Nem da música e das artes.
Neles a rivalidade se destaca.
Ora é Maradona...ora é Pelé.
Pixinguinha ou Carlos Gardel.

Mas agora chega aos cemitérios.
Descobertas lápides reais. Sensacionais.
Lá na terra portenha. Creia! Verdadeiras!
Se puder ver... o sorriso não contenha.

Vale a pena ler e conferir.
Você vai se divertir e rir.
Estou de luto inglório.
Meio sem poder sorrir.

Mas é tão surreal essa criatividade...
Mórbida e graciosa inventividade.
Que estou aqui pra explodir...
Se houvesse um "Oscar" pra destacar
Quem sabe fazer graça até na morte...

Desculpem os meus conterrâneos...
Mas os argentinos merecem ganhar.
Essas tais lápides são de amargar.
Nos fazem rir sem segurar, até urinar!

Se essa moda por aqui for pegar
Ah! Vai dar muito o que falar.
Da família à política é so criar.
Os salários aí de ciência e tecnologia...
Estão tão desfasados que irão nos matar.

Matéria prima temos até pra esbanjar.
Só precisamos mesmo é incrementar.
Aliás já tá passando da hora de inventar.
De dar alegria aos nossos velórios.

Se lá na terra dos gringos USA,
eles tão bem podem farrear...
Suas cerimônias de enterrar.
Por que aqui não imitar?

Os argentinos sabem traduzir...
Muito bem suas lápides lapidar.
A minha idéia é aqui começar.
Botar a cachola pra pensar.
-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~
Brasília/DF, 11/06/2007
Hildebrando Menezes

Um comentário:

Teresa Cordioli disse...

De TERESA CORDIOLI

Hil, que maravilha o teu blog.
Fiquei apaixonada por tudo o que vi e li... muito bom gosto, Eu vi A VIDA RETRATADA entre versos e fotos...

beijos... as lápides? kkkkk, a que mais gostei mesmo foi da recomendação do marido, SENHOR, RECEBA-A COM A MESMA ALEGRIA QUE TE ENTREGO...kkkkkkk, tadinha DELA.

BEIJOS,

ATREVO-ME SEM COMPROMISSO ENVIAR UM ENDEREÇO:
www.versos-prosa.blogspot.com

TERESA CORDIOLI